Tamanco Malandrinho

autor: Walter Queiroz

Vista sua mortalha azul turquesa
Mais bonita que a beleza
Mais humana que o perdão

Calce seu tamanco malandrinho
Pintado de azul marinho
Que é a cor da solidão

Transe carnaval são só três dias
De cachaça e de folia
De alegria e de emoção

Chore quando chegar a terça-feira
Peito explode de saudade
Dilacera o coração

Que eu quero ver
Eu quero ver é
Meu bloco na Avenida Sete encontrar com você
Eu quero ver é
Na arquibancada da vida você se perder

Uma resposta to “Tamanco Malandrinho”

  1. Luilton Says:

    🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: